© Maria Júlia Reina

Seus olhos marejados

São ardor e ternura

Numa voz tão doce e pura

Sempre a ocultar…

 

…Nem a luz pálida

Que vê no seu espelho

Ao acordar

Lhe mata a sede

De Amar

Viver e sonhar.

 

E se o som triste da sua voz

Fizer

O silêncio chorar.

Sorri como quem não sente

E ensina-lhe docemente

A mais pura forma de Amar.

 

É esse Amor que a define

É esse Amor que a contém

E esse ser tão sublime

Só podes ser tu

MÃE!

 

Autoria: Maria Júlia Reina

(direitos autorais reservados)
 

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para Datas Comemorativas:

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Crédito imagem: Getty Images.com

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao site Porto dos Sonhos e das Poesias.

e sua autora: Sarah Rodrigues.

Webmaster & Designer: Lisiê Silva

-->