A corda utilizada na procissão do Círio de Nazaré é de sisal retorcido oleado, que pesa uma tonelada e tem 350 metros, é o elo de ligação entre os fiéis, em uma demonstração de devoção quase inacreditável. Há seis anos a corda dos promesseiros era estendida no início da Avenida Boulevard Castilhos França, onde era atrelada à berlinda de Nossa Senhora de Nazaré. Para facilitar a procissão, este ano houve algumas mudanças. Na opinião de um devoto, o novo formato lembra um “Terço católico”, com as cinco estações e na ponta o triângulo que simboliza a santíssima Trindade. Para ele, o atrelamento da Berlinda na corda representaria o terço em volta do pescoço da Santa, já que tem o formato de uma seta. Antes, a corda tinha o formato de U. A nova corda foi encomendada na Paraíba. Segundo Oswaldo Mendes, da coordenação do Círio, esta comparação surpreendeu até os organizadores do evento.
Segundo os devotos, os milagres são muitos, desde a aquisição da casa própria, a cura de uma doença, até a vida de uma criança salva, sem explicações médicas, segundo
relatos de centenas de mães que todos os anos levam seus filhos vestidos de anjos, em um dos inúmeros carros e barcas especiais da procissão: Carro do Caboclo Plácido, do Anjo Custódio, do Anjo Protetor da Cidade, dos Milagres de Dom Fuás Roupinho, Brigue São João Batista e o carro da Santíssima Trindade.

Aproximadamente15 dias antes, no sábado e, principalmente, no domingo do Círio, os romeiros devotos da santa vão chegando de todos os lugares. Muitos são de outros países e estados, mas o caminho que trilham levam a um só lugar no domingo: a Igreja da Sé, no bairro da Cidade Velha, onde começou a fundação de Belém, em 1616. Na Sé, centenas de fiéis assistem à missa que antecede a grande romaria. Muitos aguardam na frente da Catedral para garantir um lugar à Corda dos promesseiros, símbolo mais importante do Círio, depois da berlinda que carrega a santa. Do momento que inicia a procissão até a chegada da berlinda à Basílica de Nazaré, a multidão, que faz o percurso de 4,5 quilômetros pelas principais ruas do centro da cidade, chega a 1,8 milhões de pessoas. São cerca de 6 a 8 horas de procissão, em uma temperatura média de 33ºC.

A imagem da Santa à Catedral é aguardada por milhares de fiéis. Dali, ela sairá no domingo, bem cedo, para a grande procissão do Círio, que é considerada uma das maiores romarias católicas do mundo, por reunir mais cerca de 2,5 milhões de pessoas nas ruas de Belém.

A mais conhecida das procissões brasileiras, o Círio de Nazaré, em Belém do Pará, é um conjunto vibrante de manifestações religiosas que expressam a identidade cultural do povo amazônico. Quase 2.000.000 (dois milhões) de pessoas nas ruas de Belém.

 

Sob o túnel de mangueiras, característica de Belém, a multidão de devotos acompanha a berlinda de Nossa Senhora de Nazaré.

 

Sob o túnel de mangueiras, característica de Belém, a multidão de devotos acompanha a berlinda de Nossa Senhora de Nazaré.

Veja mais sobre

O Círio de Nossa Senhora de Nazaré,

a Festa da Fé:

 

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para as Dunas:

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao site Porto dos Sonhos e das Poesias.

e sua autora: Sarah Rodrigues.

Webmaster: Lisiê Silva.

Fontes:

http://www.pa.gov.br/hotsite/ciriodenazare/

http://www.samistur.com.br/turismo/t00003.asp

http://oglobo.globo.com/especiais/cirio/domingo.htm#belem

http://www.virtual.epm.br/uati/corpo/cultura6_cirio_de_nazare.htm