(Euclides Farias)

“Vós sois o lírio mimoso
do mais suave perfume,
que ao lado do Santo Esposo
a castidade resume.
Ó Virgem Mãe amorosa,
fonte de amor e de fé
dai-nos a benção bondosa, [Refrão]
Senhora de Nazaré [Bis]

De vossos olhos o pranto
é como gota de orvalho
Que dá beleza e encanto
à flor pendente do galho

Se em vossos lábios divinos,
um doce riso desponta,
nos esplendores dos hinos
nossa alma ao céu remonta

Vós sois a flor da inocência,
que nossa vida embalsama,
com suavissima essência
que sobre nos se derrama

Quando na vida sofremos
a mais atroz amargura,
de vossas mãos recebemos
a confortável doçura.

Vos sois a ridente aurora
de divinais esplendores
que a luz da fé avigora
nas almas dos pecadores.

Quando em suspiros e ais
sentimos a vida morta
nessas angústias finais
o vosso amor nos conforta

Sede bendita, senhora,
farol da eterna bonança
nos altos céus, onde mora
a luz da nossa esperança

E lá da celeste altura,
no vosso trono de luz,
dai-nos a paz e ventura

de nosso amado Jesus

Veja mais sobre

O Círio de Nossa Senhora de Nazaré,

a Festa da Fé:

 

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para as Dunas:

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao site Porto dos Sonhos e das Poesias.

e sua autora: Sarah Rodrigues.

Webmaster: Lisiê Silva.

Fontes:

http://www.pa.gov.br/hotsite/ciriodenazare/

http://www.samistur.com.br/turismo/t00003.asp

http://oglobo.globo.com/especiais/cirio/domingo.htm#belem

http://www.virtual.epm.br/uati/corpo/cultura6_cirio_de_nazare.htm