@ Gilmar Leite

 

 

 O poeta é um ser, que diz o indizível,

Faz o belo surgir de qualquer canto;

Bota o riso nas cavernas do pranto,

E percebe o visível, no invisível.

 

 É um ser, construído do sensível,

Pra mostrar os sentidos com encanto,

E fazer através dum verso santo,

O possível, surgir do impossível.

 

 Seu poder modifica a pedra em flor!

Faz o ódio morrer nas mãos do amor,

E se aflige, na dor dos oprimidos.

 

 Ele enxerga, a aurora no crepúsculo,

Vê o grande oculto no minúsculo,

E é o grito dos que vivem esquecidos.

 

Autor: Gilmar Leite

(Direitos autorais reservados)

 www.gilmarleite.zip.net

 www.aguasdopajeu.blig.ig.com.br/

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para Mensagens Especiais:

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Crédito Imagem: Getty Images.com

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil.

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao Site Porto dos Sonhos e das Poesias

e sua autora: Sarah Rodrigues.

 

Webmaster & Designer: Lisiê Silva