© Soneto Gilmar Leite

 

  Rasgo as lógicas, ponho fogo na certeza,

Não consigo enxergar as luzes da razão!

Tudo muda no céu da minha compreensão

Quando surge o imprevisível sol da incerteza!

  

 Tenho dúvida até mesmo da natureza,

Ela muda com a chegada duma estação!

O inverno, a primavera, o outono e o verão,

Mostra que a vida é sempre cheia de surpresa.

  

 Nem as ondas do mar mostram que são constantes!

Elas crescem, mas depois de poucos instantes,

Desmancham-se, virando espumas sobre o chão.

 

 Até mesmo o sol mostra aurora diferente!

Mas, poetas! O que vive constantemente,

São as livre pancadas do meu coração.

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para Sonetos à beira-mar:

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao site Porto dos Sonhos e das Poesias.

e sua autora: Sarah Rodrigues

Webmaster e Designer: Lisiê Silva.