@ Soneto Jair Salles

 Por entre o sonho e dor eu te busquei

em sobressalto assim angustiado...

Vagavas tu, no lenço em que pousei,

pois tinhas, na minha alma, o teu passado.

 

Sei que em pleno fulgor te tenho amado

Não sei dizer o quanto, mas eu sei

que o coração por ti se tem queimado

e amado mais a ti do que me amei.

 

Do afeto, o renascer é uma sentença.

Alma gêmea, dulçor da minha crença,

tua crença contém minha verdade

 

Se morre um lírio ao sopro do destino

Cada vez mais te luzes...me ilumino

e vagamos assim na eternidade.

Autor: Jair Salles

(Direitos autorais reservados ao autor)

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para Sonetos à beira-mar:

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao site Porto dos Sonhos e das Poesias.

e sua autora: Sarah Rodrigues.

Créditos: Imagem: Getty Images

Webmaster e Designer: Lisiê Silva.